MANIFESTO BAR - Festa de 11 anos (2005)
18.11.2005

MANIFESTO BAR COMEMORA ONZE ANOS EM GRANDE ESTILO

O trio paulistano de Hard Rock Dr. Sin foi a grande atração da festa de onze anos do Manifesto Bar, realizada no último dia 18 de novembro. O tradicional ponto de encontro da cena 'rocker' paulistana foi totalmente reformado e pôde receber em suas novas instalações um grande número de fãs e amigos dos Doutores do Pecado, que encontraram um bar totalmente diferente que quando tocaram em 2002, no evento que comemorava os oito anos da casa.

Antes do show, o DJ Prozac comandava o som e ia aquecendo os presentes com o melhor do Hard Rock e Metal. No palco havia um grande pano com o logo do Dr. Sin que cobria toda a área, enchendo a todos de expectativa, que foi quebrada quando surgiram os primeiros acordes de "Detroit Rock City" (Kiss). O pano que cobria toda e qualquer visão do palco foi solto e Andria Busic (vocal e baixo), Eduardo Ardanuy (guitarra) e Ivan Busic (bateria) emendaram com "Calling Dr. Love" (Kiss), a primeira faixa de seu próximo CD, "Listen To The Dr's".

Com toda empolgação, o show prosseguiu a todo vapor, com "Fly Away", "Isolated", "Sometimes" e "Time After Time". O set list foi bem balanceado, cobrindo todas as fases da carreira do Dr.Sin, o que fez com que os músicos fossem recebidos calorosamente, conquistando aplausos de um público que abrangeu todas as idades e que não se deixou intimidar com o forte calor do ambiente.

Com uma ótima performance de palco e total desenvoltura os 'pecadores' seguiram com a pesada "Down in the Trenches" e "Eternity". A segunda prévia de "Listen To The Dr's" veio com "Dr. Feelgood" (Mötley Crüe), empolgante por excelência! O hit máximo "Emotional Catastrophe" veio a seguir e a receptividade não poderia ter sido melhor. Para baixar a poeira, Ivan vai ao microfone e interpreta um clássico do Black Sabbath, a emocional "It’s All Right", cantada originalmente pelo baterista Bill Ward. "Years Gone" colocou ponto final na primeira parte do show.

Para o 'bis', o Dr. Sin preparou grandes sons, a começar por "Miracles", seguida por "Dr. Rock" do Motörhead, também com o baterista Ivan Busic no vocal. Outro ponto alto do set foi a participação do vocalista Nando Fernandes (ex-Cavalo Vapor e Shining Star), no vocal da música "Stone Cold Dead", faixa do primeiro álbum do Dr. Sin. O encerramento veio de forma matadora, com a acelerada "Fire" e o hit "Futebol, Mulher e Rock n Roll", obviamente cantado por todos que seguiam os comandos de Andria Busic.

A festa teve um saldo altamente positivo e o Dr. Sin provou mais uma vez que merece fazer parte do primeiro escalão do cenário do Hard/Metal nacional.

Por: Ricardo Batalha / Fotos: Michel Camporeze


<< VEJA OUTRAS MATÉRIAS NESSA SEÇÃO